Olhe para a fome

No fim de 2020, 19,1 milhões de brasileiros/as conviviam com a fome. Em 2022, são 33,1 milhões de pessoas sem ter o que comer. Esses dados assustadores
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on pinterest
Share on twitter
Share on email

POST RECENTES

No fim de 2020, 19,1 milhões de brasileiros/as conviviam com a fome. Em 2022, são 33,1 milhões de pessoas sem ter o que comer.

Esses dados assustadores foram divulgados pelo Inquérito Nacional sobre Insegurança Alimentar no Contexto da Pandemia da Covid-19 no Brasil (II VIGISAN). Os dados foram coletados entre novembro de 2021 e abril de 2022, a partir da realização de entrevistas em 12.745 domicílios, em áreas urbanas e rurais de 577 municípios, distribuídos nos 26 estados e Distrito Federal. A Segurança Alimentar e a Insegurança Alimentar foram medidas pela Escala Brasileira de Insegurança Alimentar (Ebia). Agora, este estudo inédito sobre a escalada da fome está à disposição de toda a sociedade.

Ao olhar para a fome, é importante lembrar que cada número absoluto representa a vida de uma pessoa. E que mudanças em percentuais de insegurança alimentar — ainda que pareçam pequenas — significam milhões de pessoas convivendo cotidianamente com a fome.

Insegurança alimentar é a condição de não ter acesso pleno e permanente a alimentos. A fome representa sua forma mais grave.

A FOME AFETA E DIZ RESPEITO
A TODAS AS PESSOAS.
No fim de 2020, 19,1 milhões de brasileiros/as conviviam com a fome. Em 2022, são 33,1 milhões de pessoas sem ter o que comer. Esses dados assustadores

POST RECENTES

PAZ E PÃO - Rede de ações contra a fome

Vicariato para a Ação Social,
Política e Ecumênica
Arquidiocese de Vitória do Espírito Santo

Fale conosco

(27) 3025-6263

© Copyright Paz e Pão. Feito com 

 por 

PAZ E PÃO - Rede de ações contra a fome

Vicariato para a Ação Social,
Política e Ecumênica
Arquidiocese de Vitória do Espírito Santo

Fale conosco

(27) 3025-6263

© Copyright Paz e Pão.

Feito compor